(11) 4063-9677

Me ligue
De seg. à sex. das 9h às 18h, sáb. das 09h às 13h
12 de novembro de 2013 - por Leandro.

Com a facilidade dos dias atuais em conseguir um empréstimo consignado, muitas pessoas, apesar das imensas informações, ainda pensam que se trata de um negócio complicado de se realizar, ou seja, pensam muitas vezes em idas infinitas ao banco, cópias excessivas de documentos, dias corridos para conseguir o crédito.

Vale dizer que o empréstimo consignado é umas maneiras mais rápidas e menos burocráticas de se conseguir um crédito. É bem simples não precisando nenhum esforço a mais para isso, a burocracia é quase eliminada no processo de concessão na maioria dos bancos, mas precisa apresentar na instituição alguns documentos básicos: cópia do documento de identidade (RG), CPF, detalhamento de crédito e comprovante de residência atual.

A idade para contratar o empréstimo é ‘’ilimitada’’ segundo o INSS, porém os bancos estão livres para decidir na política interna qual a idade limite para concessão.

O mais comum entre as instituições financeiras que oferecem os consignados, é a imposição de limites de idade, muitas liberam até 79 e onze meses, sendo essa idade limite para consignados feitos em até 60 vezes.

Já existem outras financeiras que se arriscam em até 83 anos,

mas vale lembrar que quanto mais ultrapassar a idade padrão, menor será o número de parcelas, ou seja, um aposentado de 83 anos, onze meses e vinte nove dias até pode solicitar um empréstimo consignado, mas tal quantia deverá ser devolvida em um plano de até 12 meses.

Em suma, sendo aposentado ou pensionista, tendo cópias de documentos básicos, tais como; RG, Comprovante de residência e CPF e mesmo estando negativado, o beneficiário poderá solicitar a qualquer tempo tal recurso sendo em seu banco de recebimento, ou em uma instituição que lhe ofereça vantagens melhores.

Veja lista completa das lojas do Grupo AMP

ou

Ligue 0800 591 9060

Sobre o autor:

João Paulo Teixeira é formado e Pós- graduado em Direito. Atualmente exerce o cargo de assessor jurídico no Grupo AMP e publica material relacionado aos temas de Direito Previdenciário, Análises Contratuais e Direito do Consumidor.