(11) 4063-9677

Me ligue
De seg. à sex. das 9h às 18h, sáb. das 09h às 13h
8 de fevereiro de 2017 - por FDBCom Comunicação.

As notícias que circularam no começo do ano deixaram muitas dúvidas sobre o que muda nas regras do cartão de crédito consignado com as alterações impostas ao sistema de pagamento rotativo do cartão de crédito.

 

A resposta é simples: não haverá nenhuma mudança no sistema aplicado no cartão de crédito consignado.

 

As novas regras que estão sendo impostas para o sistema de pagamento rotativo do cartão de crédito, e devem ser aplicadas até o próximo mês de abril, têm como objetivos a redução dos juros aplicados nesta modalidade e diminuição das taxas de inadimplência. De forma resumida, o consumidor só poderá fazer o pagamento de sua fartura pelo sistema rotativo apenas uma vez. Tendo feita essa opção, a fatura do mês seguinte deverá ser quitada ou a instituição financeira terá de oferecer parcelamento sobre o valor total devido pelo cliente. Isso ajudará a diminuir os juros que são aplicados atualmente. A medida vale para todos os tipos de cartão, exceto para os cartões de crédito consignado.

 

Os cartões de crédito consignado contam com legislação própria por ser uma modalidade que envolve pagamento por meio de desconto nos salários dos clientes e envolve riscos menores de inadimplência.

 

Segundo o diretor de Regulação do Banco Central, Otávio Damásio, o crédito rotativo registra inadimplência de 37% para pessoas físicas e de 59% para empresas, já o crédito parcelado tem inadimplência bem menor: 1,1% para pessoas físicas e 2,3% para empresas. Dos R$ 700 bilhões movimentados anualmente pela indústria de cartão de crédito no Brasil, R$ 37 bilhões estão no crédito rotativo.

 

A opção pelo cartão de crédito consignado é a melhor opção, com juros menores e desconto na folha de pagamento. Se você ainda não tem o seu Cartão de Crédito Consignado BMG, não perca mais tempo! Clique aqui e solicite o seu.